Tag: Revenue Management

Vendas desde Sempre

https://youtu.be/mAVG5pOUiWM

 

A Base de vendas com resultados é foi e será a Segmentação, tenha em mãos e cuide bem do maior número de mercados possíveis. Para entender sobre como divulgar seu hotel em Mídias como Instagram não precisa ficar atrás de serviços caros e nem sempre dão o resultado desejado pelo simples motivo de que os operadores não conhecem Hotelaria. Então aprenda com
Hotelaria em Foco: https://www.youtube.com/watch?v=WlF2F…​   e faça.
Nossas Publicações: – https://clubedeautores.com.br/books/s…​

Tem dúvidas: Deixe as perguntas nos comentários, responderemos

A pandemia rendendo…

Dividendos, altos caixas para Estados e Munícipios, falência de empresas, desespero para pessoas em que pese isso seja feito por encomenda por alguns Governadores mal intencionados e bem pagos, porém está mais que na hora de a população entender o tamanho da cilada que causou tudo isso ou a finalidade para a qual esta “panlhaçada” foi realmente criada. O Estado se São Paulo é uma situação à parte, pois ele é governado por um garoto propaganda sem qualquer escrúpulo e que tem por fim entrega-lo ao melhor preço possível para uma já super potência isso só não vê que não quer. E para não haver dúvida de que os Brasileiros foram e continuam sendo enganados (os outros também sofreram com isso mas o Brasil pela falta de instrução e cultura e pela sua pujança era o alvo) os maus caráteres ajudaram vejamos:Read more

A Complexa guerra de preços! preço ou valor

Escrevi um destes dias uma postagem sobe A Guerra de Preços está na revista hotéis e no Guia de restaurantes poucos entenderam ou pior se entenderam nada fizeram e ficaram na mão dos especialistas de plantão que sabem tudo, só que para rentabilizar o lado deles, você entre nisso se quiser hoje eu vou ser “bonzinho” mas da próxima vez o polêmico Rui Ventura vai dar nome aos bois.

Estou no Guarujá administrei um hotel aqui durante um tempo, o trabalho que propus fazer terminou foi gratificante porém fiquei residindo  já que eu preciso de internet e fácil acesso ao Mundo, apenas troquei de Praia, Matinhos no PR pelo Guarujá em SP, aqui este “novo normal” que para mim nada tem de novo deu muita oportunidade para os tais especialistas e a gente vê os Amigos que têm hotéis e pousadas pequenas vítimas desses espertalhões porque não sabem como a coisa funciona.Read more

Precificação – Preços BAR – ou – Melhor preço disponível

Não acham que isso não deveria ser um assunto aleatório, é o preço que eu quero de acordo com o meu movimento, engraçado, é verdade mas isso precisa estar fundamentado, então não pode ser feito por um gestor de canais, ele precisa ser feito automaticamente do PMS isso sim deve seguir alguns parâmetros, para o gestor de canais e não como é feito hoje pelos ditos especialistas em RM, vamos entender desde já que a flutuação de preços é a última ponta do RM e que RM ou Revenue Management é uma ciência econômica de gestão. Vou tentar seguir o ditado Chinês que diz “uma imagem vale mais que 1000 palavras, e vou usar um Hotel com 113 UHS que é uma planilha que já tenho feita.

Reparem no custo previsto UH vazia – na primeira imagem  onde a previsão de ocupação grifada em amarelo é de 34% o CUV é de 91,99.Read more

A Volta da Nossa Imagem

Esta imagem é uma delícia e a mim que tenho muitos anos de carreira e sempre soube que o que sustenta a hotelaria e turismo é atendimento e serviço, esta abençoada imagem me faz lembrar de um monte de histórias que demonstram o quanto ela está MUITO ERRADA.

Nos idos da década de 70 quando os EUA abriram o mercado para as companhias aéreas e deixaram de exercer controle sobro o preço das passagens as companhias, passaram a amargar prejuízos, ano após ano, isso se verificou até 1985 se não me engano.

Na época como em todas as outras apareceu um oportunista no mercado sobejamente arrojado, o nome dele era Donald Burr, este senhor tinha como propósito o mercado em crise das cias. Aéreas e o mercado do transporte rodoviário de 1º linha. Então colocou em prática seu plano: Comprou aeronaves deixadas pelas companhias grandes a maioria ainda poderia voar muito tempo, retirou delas todas as poltronas e trocou por cadeiras de plástico fixadas nos assoalhos. isto majorou em muito a capacidade de colocar pessoas a bordo, aboliu o serviço de bordo e podia viajar pelas leis vigentes com uma tripulação mais reduzida.Read more

Ontem a imagem circulou e deu o que falar

Comentamos assim como muitos outros colegas e Amigos, o problema é que a imagem não me saiu do pensamento então preciso trata-la um pouco melhor para quem sabe ajudar alguns hoteleiros. Mas uma coisa é certa vou fazer a minha parte.     Parece um absurdo, mas acreditem nem é tanto assim, afinal será que esse custo, que eu jamais considero como tal e sim como investimento, vale a pena?

Vou deixar que cada um decida por si. – PARA MIM VALE E MUITO.

Como sabem presto consultoria então o que não me faltam são cases, porém estes não podem simplesmente aparecer não se expõe dados seja de quem for, há a nossa lei a lei do caráter. Mas podemos passar uma visão.

Conheço hotéis em situações privilegiadas em praias abençoadas  por Deus e pela natureza e alguns em desvantagem em função da vista, ao mar ou não mas vamos lá.

Um hotel de aproximadamente 35 Uhs o segundo com aproximadamente 45 Uhs, qual vcs acham que rende mais? Pois é rende mais o menor, há mas… Há!!!! Mas o menor sempre manteve os fundamentos essenciais da Hotelaria, que são ATENDIMENTO E SERVIÇO = HOSPITALIDADE, ambos são sazonais, porém, o menor fatura por mês a mesma coisa que o maior fatura por ano, e acreditem inverter esse quadro é tão barato que o maior se assumisse HOTELARIA em 4 meses só no lucro recuperaria o investimento.

Por que as companhias aéreas fizeram isso?,  porque elas fizeram o que a hotelaria não pode fazer – fizeram um “truste” o que o CADE nunca deveria ter permitido, mas afinal estamos no País dos jeitinhos. Eles têm vantagem? Fictícia, porque assim que o mercado permitir concorrência eles perdem ou o “Truste” aumenta. Se vc se diferenciar pelo atendimento e serviço vai com certeza fidelizar. Sem este como diz um amigo meu vai continuar “empurrando M… migalhas, com pauzinho”.Read more

PROCURA-SE UM CULPADO

Eu sou um eterno repetidor de frases como: “O fracassado nunca se preocupou com o seu fracasso, ele se preocupa em encontrar um culpado”.

Culpado achado, próximo, e a imagem ao lado amplamente divulgada na internet e inclusive já a vi no linkedin, nos mostra exatamente isso.

Quem não se lembra das multas na devolução de fitas, ou por atraso ou por falta de rebobinar, sei lá sempre por alguma estupidez, ou nem tanto até certa altura, mas de repente e não mais que de repente a mercado evoluiu e os “inteligentes” de plantão, ao invés de perceberem e até mesmo se anteciparem,

(Quando vc conhece e sabe Administrar baseado no Revenue Management sempre se antecipa aos movimentos)

correram à procura de um culpado pelo que estava a acontecer no mercado, e “voila” a culpa é da Netflix. Pronto vamos falir…..

Read more

Mais do que nunca o segredo é A EXPERIÊNCIA DO CLIENTE

Trata-se de uma mudança de paradigma, demanda a reconfiguração na estratégia da organização que precisa ficar e permanecer FOCADA na experiência do cliente, de forma a provocar melhorias no rendimento do negócio de ambos. Existem três principais sabotadores de mudanças voltadas a uma cultura centrada no cliente: eles são alvo da atenção da EMPRESA?

O elemento diferenciador de uma marca em qualquer setor deveria ser a experiência do cliente, já que este a cada dia que passa se torna mais exigente, pois dispões de um enorme leque de informações que lhe possibilitam escolhas múltiplas e algumas dessas informações têm forte poder apelativo. Será diferencial de mercado quem estiver à frente neste quesito, isso lhe proporcionará a simpatia e preferência do mercado consumidor. Ofertas “one size fits all” ou abordagens genéricas caíram em obsolescência, precisamos incentivar e enfatizar a diferença através de ofertas personalizadas e flexíveis. Cada cliente seu É, MAS FAZ QUESTÃO DE SE SENTIR simplesmente único e isso com certeza é desafio para as organizações? ACREDITE, É SIM, e Grande.Read more

NA GUERRA DE PREÇOS NA HOTELARIA NÃO HÁ VENCEDORES, TODOS PERDEM

Pense numa guerra será que há realmente vencedores? Acredite não há vencedores
em uma guerra, há os que perdem mais, os que perdem menos e os que até perdem
tudo, mas vencedores não há.

Então por que você quer entrar em uma guerra de preços?

Quer mesmo porque realmente é uma guerra.

Nenhum problema de demanda, variação de preços, reserva para consumidores de menor sensibilidade a preços tem a sua solução isoladamente. Então temos a influência da concorrência isso na hipótese natural e muitas vezes esta mesma concorrência vai
nortear as suas decisões, é isto que não podemos permitir.Read more

Equipotel 2019 “Tecnologia em Destaque”

Há quem diga que há menos expositores e talvez até menos negócios. Não tenho esses dados, não é uma estatística que me interesse.

A tecnologia da qual sou adepto em que pese minha falta de “jeito” com automações, essa realmente está em alta.

Uma das coisas que mais me chamou a atenção e que há muito procuro é a possibilidade de tornar o check-in e o check-out mais eficientes e com o mínimo possível de uso de tempo e material humano, e em que pese muitos lerem esta postagem e dizerem: Isso tem há muito tempo. Eu não deixarei de perguntar: isso o quê? e o que chama de muito tempo, já que a maioria dos sistemas que conheço em uso no Brasil deixavam a desejar, principalmente o Check-outRead more