Revenue Management

Princípios Básicos de Revenue Management nos Hotéis II

R.M. – Ingredientes do Gerenciamento efetivo de receita de hotel

  • Preço
  • Segmentação de mercados
  • Gerenciamento de inventários
  • Histórico de demandas
  • Overbookings
  • Parceiros em Reservas
  • Demanda prevista
  • Informação e análise dos sistemas

Todas estas necessidades vão ser tratadas em detalhe nas seções seguintes, porém em nossos cursos elas são discutidas com os grupos e descobrimos a melhor estratégia para cada um ou como implementá-la. No que diz respeito ao overbooking, este é absolutamente necessário para atingir 100% de ocupação, falando em over, como vc vai processar esse overbooking? Fazendo oversell, bem vindo à máxima rentabilidade em ocupação, sem ter que perder clientes. Se houver risco neste sistema, os custos devem ser levados em considerando a avaliação do excesso de receita (receita de quartos extras vendida versus custos de afastamento ou de reserva).

Read more

Princípios básicos de Revenue Management nos Hotéis

A Águia Consultoria é uma empresa inovadora em gestão hoteleira que ajuda hotéis independentes a competir de forma eficaz no mercado altamente complexo e competitivo dos nossos dias.

Com uma experiência de dezenas de anos e de ter tido oportunidade de fazer parte de equipes que implantaram sistemas em grandes redes hoteleiras as primeiras no Mundo a ter o Sistema informatizado, as nossas técnicas comprovadas funcionam com as mudanças que se avezinham, mesmo antes destas serem realidade práticas exclusivas, transformamos hotéis problemáticos em líderes de mercado.

Nossa equipe de especialistas em hotéis é especializada em:

  • Administração e gestão hoteleira
  • Gerenciamento de receita
  • Distribuição Online
  • Internet Marketing
  •  Desenvolvimento de Negócios

Acreditamos em compartilhar livremente nossos pensamentos e conhecimentos para que o setor hoteleiro como um todo se desenvolva em um nível mais profissional.  É uma introdução à estrutura operacional e estratégias envolvidas no rendimento para hotéis. Necessário para desenvolver o Revenue Management em distribuição

Esperamos que você goste.

Rui Ventura

Read more

Revenue Management é uma disciplina

Vem sendo tida como uma das mais promissoras posições na Indústria Hoteleira.

Redes hoteleiras e alguns hotéis independentes no Brasil e no Mundo já estão percebendo que o RM é um componente de gerenciamento estratégico, o qual deve ser incorporado à alta Administração hoteleira, assim como acontece há mais tempo com as Cia aéreas e outras empresas como a rede Marriot de Hotéis e a Hilton da qual fui cocolaborador, que tiveram seus sistemas informatizados implantados entre 1979 e 1982 é um processo necessário e sempre altamente positivo. O que precisamos entender é que há efetivamente coisas inseparáveis.

Read more

Vamos Otimizar a Venda Paralela!

Clique na Imagem aproveite preço de Lançamento

Clique na Imagem aproveite preço de Lançamento

Venda paralela é toda a receita gerada através da ocupação de UH, ou não, nos casos de Daly Use que devem incrementar/otimizar sua receita. O que podemos fazer para que isso seja uma constante? Vamos entender desde já que simples e fácil não são sinônimos e embora seja para profissionais vividos uma tarefa simples ela é sempre realmente menos fácil do que aparente. Temos estado atentos e em convívio com especialista sobre o assunto e esse convívio nos alertou para ótimas dicas de gerenciamento de hotéis para otimizar a venda paralela (serviços extras). E no próximo passo vamos ver sobre Incrementação de Vendas e vendas cruzadas. Existem vários serviços extras para oferecer em hotéis, mas como você sabe o que é mais lucrativo? Fazendo contas, usando métricas é assim que se mensura a eficiência e o retorno de um novo ou recém implantado serviço. Vamos incrementar nas vendas paralelas o menor custo e uso de mão de Obra, com sofisticação e sem perda de tempo.

Hoje é o dia, inicie o incremento de vendas a partir de agora e RENTABILIZE.

Ao longo de nossas consultorias temos implementado uma enorme lista de ações que otimizam a nossa receita. Porém com a dedicação que damos à profissão passamos um tempo extra tentando encontrar outras formas de ajudar nossos consultados a Otimizar suas receitas. Assim nossa lista de opções se estende e cria boas oportunidades.

Read more

Revenue Management (alguns cuidados)

Estou no jogo de Revenue Management (gestão de receitas) de hotel há mais de 3,5 décadas. E mesmo com toda essa bagagem ainda me espanto quando percebo que a maioria dos hotéis não explora devidamente todo o seu potencial. Resolvi colaborar e deixar aqui uma pequena discrição dos erros comuns feitos no gerenciamento de receita em hotéis, resorts e similares.

Infelizmente, um erro inicialmente poderíamos chamar de pequeno pode e a maioria das vezes vai afetar seus resultados e influenciar diretamente outros departamentos e isso será negativo quando erramos. Você poderia facilmente sofrer KPIs (indicativos) pouco confiáveis em relação ao desempenho de mercado para cima ou para baixo e isso altera todo o seu resultado já que a base da informação veio errada.

Aqui estão vários erros que detectamos nos hotéis, atente para eles e evite perder potencial de receita e principalmente de rentabilidade em seu empreendimento:


TEMPO é Dinheiro (NÃO o IGNORE)

É absolutamente necessário compreender sua janela típica de reserva no segmento alvo sempre que lançar uma oferta. Ao não entender isso a possibilidade de falha é alta e não ajudará a produzir os resultados desejados e pode ser a causa de um completo fracasso numa campanha promocional. Faltar nas janelas de reserva de chaves, mesmo por um dia, é um erro catastrófico e pode ser evitado hoje já há softers que maximizam esse aproveitando, mas muito antes da existência deles um sistema de planilhas de Excel resolvia muito bem esse tipo de problema desde que tivessem alimentadas (os softers tb precisam ser) com todos os dados que nos ajudem a decidir sobre o bom e rentável Gerenciamento de receitas.

Read more

Revenue Management e Algumas Peculiaridades

Falávamos de (Budget), o gestor fundamentado  Revenue Management projeta estes dados pelo menos cinco anos para frente, isso facilita muito toda uma visão de mercado e adianta possíveis correções, muitas vezes não precisando rever as atuais, pois uma vez que estas foram futuras e vieram sempre sofrendo correções necessárias, pois se o (POA) ficar fechado numa gaveta pode jogar  no lixo todo o seu negócio, ele é feito para ser acompanhado numa gestão consciente pelo menos semanalmente. Com o tempo e esta prática, acabamos tendo variações entre o estimado e o real que vão de 1,5 a 3%.

Empresas há em que esta prática nos leva a variações entre 0,5 e 1,5% – nomeadamente e por experiência os frigoríficos, onde implantei e acompanhei dois anos um sistema de Revenue Management.

Com esta prática implementada, o grande beneficiário seguinte é o departamento comercial, sabemos o que temos o que queremos e onde queremos chegar, como chegar lá é uma questão de dar diretrizes corretas às pessoas envolvidas e assim, incrementar rentabilidade.

Não vamos esquecer aqui que o (Budget) ou previsão futura de receitas e despesas deve ser feita por cada gerente e esta adicionada e compilada numa planilha geral final, ou seja, todo o gerente de departamento tem a sua responsabilidade por igual na gestão de seu respectivo departamento em particular e do empreendimento como um todo.

Num processo de gestão invariavelmente complexo e de resultados relativamente rápidos, todo o nosso movimento vai crescer e isso trazer problemas ou não.Read more

Voltamos aos Custos? Revenue management…

E os custos Reduzir ou Diluir

Há artigos nossos que foram publicados várias vezes e especificamente Custos Reduzir ou Diluir foi lido em três anos a média de 67,4 leituras por dia. Isso foram mais de 70 mil leituras.

Bastante a miúde ouço programas onde especialistas dão suas opiniões, e desta vez eu coloquei duas questões: na primeira não deixei de minimizar a importância do controle em alimentos e bebidas, 1º ele é muito complexo 2º precisa profissionalismo. Dizem os especialistas de plantão, mas hoje temos sistemas para tudo, graças a Deus isso nos poupa muito tempo para fazer outras coisas nos deixa tempo para pensar e assim crescer, porém se você não souber fazer sem os sistemas, o que é que vai colocar neles? É preciso saber de onde as coisas veem sob pena de se pagar por um sistema que nunca vai nos dar dados corretos. Pior, aqui a culpa não é do sistema.

Na segunda questão eu coloquei exatamente isso custo não se reduz, se dilui, o mediador achou que eu estava fazendo uma pergunta, não estava, mas a pessoa que respondeu não entendeu nada e me respondeu como se eu estivesse fazendo pergunta, mas a resposta mostrou que ainda não sabem a diferença. E claro escutei a resposta e percebi que não valia a pena escutar. Mas vamos à diferença.Read more

Modernismos #Sóquenão…

Li um destes dias uma postagem no linkedin sobre um Grande profissional que muito respeito e de quem sou Amigo.

No título vinha: “Com gestão inovadora…” fui ler afinal é assim que se estuda e estudando que se aprende e foi bom, porque sabendo do que se trata posso criar e fundamentar meu título.

Aos 14, quase 15 anos eu já andava dentro de hotel, claro que em hotelaria séria com esta idade contato com o senhor Hóspede nem pensar, mas sempre há uma vassoura um rodo um tambor a ser lavado e para um dia você dirigir tem que saber fazer, é muito mais fácil começar por baixo quando se é mais novo, e assim aconteceu comigo.

Mas vamos lá há tal “gestão Inovadora” para mim ela data de 1870/talvez 1877 – (Sim eu não me enganei, disse mil oitocentos e setenta e sete) Cezar Ritz o Rei dos Hoteleiros ou como o chamavam o Hoteleiro dos reis assumiu suas primeiras gerências por volta de 1877. – E ele fez e sempre difundiu aquilo a que hoje alguém aparece chamando de “gestão inovadora” permitam-me lembrar, se a gestão não atender os desejos – TODOS os desejos do senhor Hóspede e exceder em suas expetativas está fadada ao fracasso, aí vêm as crises. Porque o Di Capri passou pela crise “por cima” conheço outros, mas não estou autorizado a usar os nomes, O que eles fazem é SÓ ISSO “Gestão Inovadora” Há!! Por favor eles fazem gestão hoteleira secular e os que não aprenderem a voltar no tempo sem deixar de usar as modernas tecnologias vão fechar ou passar para as mãos de quem sabe fazer isso.Read more

E o Revenue Management…

Revenue Management é aplicável a qualquer tipo e ou Qualquer tamanho de Empresa, o que muda é a sua complexidademas em nenhum caso ele se torna inviável mesmo sem sistemas altamente complexos.

Trata-se da página 118 do livro de Robert G. Cross, o guru que entre 1978 e 1985 idealizou o sistema de RM que levou a American Airlines de 7 balanços anuais negativos consecutivos para o valor mais alto da sua ação na bolsa de NY. Revenue Management é antes de mais nada Muito Analítico e pouco comercial, quero mais uma vez tentar que entendam que R.M. não é coletar dados de preços de concorrentes eletronicamente e deles traçar o seu valor ideal, que mais de 90% dos que fazem isso não têm a menor ideia de quanto precisam para passar o dia aberto. Ou seja, desconhecem o ponto de equilíbrio, isto posto não têm noção do mínimo Ideal.

Read more

Gestão de restaurantes e hoteleira – parte IV

Conversava um destes dias com alguns Restaurateurs ligados à chamada “alta gastronomia” comentavam estar sempre em busca dos melhores produtos e fornecedores, no entanto, os volumes de suas compras não são feitos em grande escala, o que representa uma diminuição na vantagem de conquistar melhores preços e condições, resultando em índices de custo mais altos. Isto é efetivamente um “problema” e eles me perguntaram: Qual seria, em sua opinião, a solução mais viável para minimizar estes custos?

É simples, mas as pessoas precisam entender que foram feitas para viver em sociedade e é muito mais lucrativo ter parceiros que concorrente então sugeri o óbvio, o cooperativismo, mas, empresários brasileiros de uma forma geral, não aceitam essa sugestão nestes casos. Mesmo assim me perguntaram se eu já havia feito isso com algum sucesso e como seria, sugeri com base em dados que tinha pesquisado recentemente.

Read more