Falando de Administração Hoteleira

Administração por Competência, não por imposição

Falava um destes dias com um Amigo que faz publicações dobre o meio e comentava ele sobre as Administradoras, onde é público e notório que não têm prejuízo, seus contratos estão feitos para que elas sempre ganhem.

O mérito não está na Administração que nem precisa ser profissional, e sim nos contratos complicados de difícil linguagem às vezes até para os advogados que não vivencia a área em seus meandros, e voltados sempre para o lucro próprio em qualquer circunstâncias, cobram “Fee” sobre faturamento geral bruto independentemente se há ou não lucro – cobram para uso do sistema de reservas e cobram por reserva cancelada e por “no show” e uma série de outros absurdos, o que eu não consigo entender é porque os investidores caem nesses “contos do vigários” já que de cada 10 com quem se conversa 11 se queixam.

Os contratos obrigam os investidores a aguentá-los em quaisquer circunstâncias pois as multas rescisórias são estratosféricas e ainda tem gente que assina. Normalmente pegam prédios novos fazem as exigências de padrões de construção e os devolvem em petição de miséria dez anos depois sem nunca terem dado um centavo aos proprietários e quando começam com algum capital o tomam em curtíssimo prazo a título de “necessidade de aporte de capital”. Só por curiosidade vivenciamos casos com profissionais amigos em que o hotel foi inaugurado e deu LUCRO no 1º mês de operação. Isso é Administração.

A Áquia hotéis não administra nenhum empreendimento por imposição, de forma geral administramos porque alguém se interessa pelo nosso trabalho e não porque o impomos, a nossa verdadeira receita vem de percentual sobre GOP, não há cobranças que não foram previamente estipuladas e temos espaços com valores irrisórios até que o contrato comece a vigorar, aí sim há gatilhos onde com prazos pré tratados o lado que não se interessar pelo outro avisa por escrito com 90 dias de antecedência e o “demitido” sai. Simples assim.

Ainda gostaria de entender o que leva o investidor a simplesmente assinar contratos onde simplesmente perde, mas um dia entendo.